Ao ser bem administrada, a meritocracia nas empresas pode promover melhorias de performance, produtividade e inovação entre os colaboradores. Mas seu uso inadequado pode gerar consequências ruins, entre elas, o clima de individualismo e competitividade negativa.