O BNDES  anunciou a concessão de linha de crédito para IES particulares após a entrega do projeto  “Programa de Financiamento para o Desenvolvimento do Ensino Superior Privado” que foi apresentado pelo Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular, que reúne o Semesp, a ABMES, A ANACEU e ABRAFI. O projeto tem o objetivo de garantir a concessão de financiamento às instituições do setor para capital de giro e investimentos em obras, instalações, equipamentos e acervo de bibliotecas, bem como ao aluno para custeio de seus estudos superiores.

 

 

O pleito do Fórum foi manchete no jornal Folha de S. Paulo no dia 26 de fevereiro, o que acelerou a decisão da criação da linha de crédito pelo BNDES. A instituição  anunciou no dia seguinte a formatação de uma nova linha de crédito, que deverá ser aprovada ainda no primeiro semestre, estando atrelada à qualidade dos serviços prestados pelas IES. Conforme matéria publicada no jornal Valor Econômico, em 27 de fevereiro, o programa do BNDES não será aberto para capital de giro. Os recursos só poderão ser usados para investimentos como modernização de campus e construção de laboratórios, entre outras medidas de melhoria da faculdade, atendendo em parte o que foi solicitado pelo Fórum.

 

Para ler as matérias na íntegra, clique nos links abaixo.

 

Universidades pedem apoio ao BNDES

(http://www.sinosistema.net/form_noticia.php?cliente=s1234&id=147980&origem=mail)

 

BNDES terá nova linha de crédito para faculdades

(http://www.sinosistema.net/form_noticia.php?cliente=s1234&id=148413&origem=mail)

 

 

Ação foi motivada após um levantamento feito pelo Semesp sobre a queda de alunos ingressantes em 2009