O Semesp – Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior contestou nessa quarta-feira (8) a avaliação da qualidade da formação oferecida pelas escolas médicas do Estado de São Paulo divulgada pelo Conselho Regional de Medicina (CREMESP-SP) com base no chamado “Exame do CREMESP”.

Segundo a entidade, o referido exame não tem competência para medir a qualidade do curso e nem do aluno porque, além de não ser componente curricular, o aluno precisa somente comparecer no dia da prova sem ter qualquer compromisso com o resultado. Para o consultor jurídico do Semesp, Dr. José Roberto Covac, “divulgar que o exame mede a qualidade do curso ou do aluno é inverídico, tendencioso e padece de qualquer critério científico, levando a sociedade a uma percepção incorreta sobre os cursos e os alunos”.

O Semesp destacou que o ENADE – Exame Nacional de Desempenho de Estudante, que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), e é componente curricular do curso, demonstrou que apenas 18,75% dos cursos avaliados pelo CREMESP-SP obtiveram conceito insatisfatório. Considerando apenas as instituições privadas, esse número cai para 13,04%.

Em relação aos dados obtidos junto às notas do ENADE no Estado de São Paulo, os resultados divergem consideravelmente da avaliação do CREMESP-SP, demonstrando que apenas 16,67% dos cursos de medicina obtiveram conceito insatisfatório e a grande maioria obteve conceito satisfatório na seguinte proporção:

– 37,5% dos cursos de medicina obtiveram conceito 3;

– 33,33% dos cursos de medicina obtiveram conceito 4;

– 10,50% dos cursos de medicina obtiveram conceito 5.

“Diante dos percentuais a que temos acesso, podemos perceber que a avaliação encabeçada pelo CREMESP-SP é inconsistente e não retrata a realidade dos cursos de medicina do estado”, finalizou o Dr. Covac.

Sobre o Semesp

Fundado em 1979, o Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo – Semesp congrega 200 mantenedoras no Estado de São Paulo e no Brasil. Tem como objetivo preservar, proteger e defender o segmento privado de educação superior, bem como prestar serviços de orientação especializada aos seus associados. Periodicamente, realiza uma série de eventos, visando promover a interação entre mantenedoras e profissionais ligados à Educação. Dentre eles, destacam-se o Fórum Nacional: Ensino Superior Particular Brasileiro; o Congresso Nacional de Iniciação Científica; e as Jornadas Regionais, realizadas em cidades do Interior do Estado de São Paulo. Para saber mais sobre o Semesp, acesse www.semesp.org.br/portal/ ou www.facebook.com/semesp e www.twitter.com/semesp_online.

Atendimento Imprensa:

Ana Purchio

Assessora de Comunicação Semesp

Fone: (11) 2069-4419

E-mail: imprensa@semesp.org.br