*Fábio Reis, diretor de Inovações e Redes de Cooperação do Semesp

A organização do Fórum Nacional do Ensino Superior (FNESP), realizado anualmente pelo Semesp, nasce de leituras de relatórios e livros. É um processo de estudo, reflexão e construção coletiva. Em 2019, o tema será “Mudança de Mindset: uma nova forma de pensar a educação”. O livro “Mindset: a nova psicologia do sucesso”, de Carol S. Dweck, sem dúvida, foi o pilar da concepção deste FNESP.

Mindset é, provavelmente, a palavra do momento. Em rodas de conversa, já ouvimos que a pessoa X deve mudar o Mindset ou, às vezes, reconhecemos que nós mesmos precisamos modificar nossas atitudes e nosso modelo mental.

Obviamente, entendemos Mindset na perspectiva de Carol S. Dweck. Utilizaremos o termo para nos referir à maneira como pensamos, a opinião que desenvolvemos sobre nós mesmos ou sobre um conjunto de atitudes mentais que influencia o nosso comportamento. O objetivo é provocar uma nova configuração da mente (mind/mente – set/configuração) dos tomadores de decisão nas instituições de ensino superior (IES).

Propusemos para o 21º FNESP a mudança do Mindset dos participantes. É indiscutível que estamos vivenciando mudanças significativas na sociedade, que impactam o ensino superior.

Em 2018, o FNESP abordou o tema da Revolução 4.0 e mostrou que estamos vivendo em um mundo digital. O FNESP de 2019 está focado nas pessoas que possuem influência na gestão e governança da IES. Ter o mesmo modelo mental e comportamento perante situações e contextos diferentes é um perigo para o sucesso de nossas instituições.

Durante o Fórum, serão apresentados cases concretos de mudanças de Mindset, de instituições que se colocaram na situação de aprendizes e enfrentaram o desafio da transformação, que acontece e é mais significativa quando os líderes assumem a tarefa de conduzirem essas mudanças.

Para Carol S. Dweck, há dois tipos de mentalidades que caracterizam o Mindset das pessoas: a fixa e a de crescimento.

A fixa nos remete à resignação, à manutenção dos mesmos padrões de comportamentos, à insegurança, a um pessimismo perigoso, pois pode nos levar a perder oportunidades.

A outra mentalidade é a de crescimento, em que a atitude das pessoas busca transformar dificuldades em oportunidades. Representa uma visão otimista, em que a pessoa se coloca em posição de aprendiz, de aprimoramento dos conhecimentos e de vontade de assumir novas responsabilidades.

O Mindset de um líder de IES é um “espelho de sua alma” e reflete nos resultados da instituição. A mentalidade fixa trouxe resultados acadêmicos e administrativos durante décadas, mas, em nosso contexto de incertezas, de mudanças de padrões de comportamento e de consolidação da sociedade digital, a postura conservadora e fixa é inadequada.

O FNESP quer provocar a mudança de Mindset para que os que tomam decisões nas IES tenham uma nova forma de pensar a educação. Durante o FNESP, vamos falar para os líderes do ensino superior.

As inscrições podem ser realizadas AQUI.  Espero ver vocês nos dias 26 e 27 de setembro. Espero também que todos estejam com a mente aberta para mudarem atitudes, comportamentos e os modelos de organização da IES.

O FNESP será inspirador. Estamos trabalhando para isso!