Desde o primeiro semestre de 2023, recebemos de gestores de pós-graduação lato sensu de instituições de ensino superior de diferentes portes e posicionamentos, questionamentos sobre o que está acontecendo no mercado de pós-graduação no Brasil.

Depois de um período em crescente expansão, marcado por bons resultados e entusiasmo, esse negócio parece ter começado a “andar de lado”. IES que investiram em pós-graduação passaram a relatar queda na procura, diminuição de ingressantes e, ainda, reduções tanto de turmas formadas, de alunos por sala e até na participação na receita total das IES.

No primeiro trimestre de 2024, durante contatos informais com dirigentes de IES, o que se ouve é que a captação das graduações, em especial dos cursos da área de saúde (com destaque para psicologia) e de alguns cursos de tecnologia da informação, apresentou leve melhora. No entanto, o cenário na pós-graduação lato sensu segue estagnado em relação ao ano passado.

Confira a íntegra da coluna de Márcio Sanches no site da Revista Ensino Superior