Pesquisa de Inadimplência | 2016

A 10ª Pesquisa de Inadimplência realizada pelo Semesp – Sindicato das
Mantenedoras de Ensino Superior com as instituições de ensino superior
privadas apontou que a inadimplência aumentou em todo o Brasil e também no
Estado de São Paulo, registrando 8,8% para as mensalidades com atraso
acima de 90 dias em ambos. A inadimplência do setor de educação superior
privada permanece acima da inadimplência total das pessoas físicas.
O levantamento, que engloba o ano de 2015, foi desenvolvido pela Assessoria
Econômica do Semesp por meio do Sindata – Sistema de Informações do
Ensino Superior Particular e pelo Instituto PHD. Os resultados mostram um
índice de inadimplência de 8,8% para o setor, contra 6,2% do índice geral
considerando todos os setores. Enquanto o índice de inadimplência do setor
apresentou um crescimento de 7,8% em 2014 para 8,8% em 2015, a
inadimplência total das pessoas físicas no Brasil se manteve praticamente
estável no mesmo período.

Fazer download