O Conselho Federal de Odontologia publicou no Diário Oficial do dia 31 de janeiro resolução que proíbe a inscrição e o registro de alunos egressos de cursos de odontologia, integralmente realizados na modalidade de ensino a distância – EAD.

De acordo com a resolução, em virtude da existência de conteúdos práticos laboratoriais, clínicos e cirúrgicos inerentes e indispensáveis à formação dos cirurgiões-dentistas, estudantes egressos de cursos de odontologia, integralmente realizados na modalidade EAD, ficam impedidos de exercerem a profissão de cirurgião-dentista em todo o território nacional para não colocar em risco a qualidade da formação dos profissionais de saúde e, principalmente, dos serviços ofertados à sociedade.