O MEC informa às Entidades Mantenedoras de Instituição de Ensino Superior que em virtude da atualização da base de dados, realizada neste final de semana, as solicitações e validações de aditamentos de contratos do Fies, realizadas no período de 22 a 25 de março de 2018, foram canceladas no sistema.

Em decorrência, o Presidente, Vice-Presidente e membros da equipe de apoio da Comissão permanente de Supervisão e Acompanhamento do FIES – CPSA deverão ser orientados a acessar novamente o SisFIES (http://sisfies.mec.gov.br/) e realizar nova solicitação ou validação desses aditamentos.

Para identificar os estudantes com contratos de financiamento pendentes de renovação e suas respectivas situações, os membros da CPSA devem acessar o SisFIES (http://sisfies.mec.gov.br/) e selecionar o submenu “Solicitação pela CPSA” no menu “Aditamentos Fies”.

Ressaltamos que as informações sobre o FIES poderão ser obtidas por meio da Central de Atendimento 0800 616161 ou mediante abertura de demanda.

 

CONHEÇA TODAS AS ASSESSORIAS DO SEMESP:

ASSESSORIA JURÍDICA – A consultoria jurídica do Semesp é formada por advogados especializados nos assuntos relacionados à educação e gestão das IES, prontos para orientar a sua Instituição nos mais diversos questionamentos que as envolvem.

 

ASSESSORIA ECONÔMICA – Elabora estudos, pesquisas e informativos com múltiplos dados do setor, possibilita a criação de indicadores e previsões com elevada precisão, além de formular estratégicas para a definição das políticas acadêmicas e de gestão das IES.

 

ASSESSORIA EDUCACIONAL – Orienta, de forma didática e pedagógica, sobre os conteúdos dos cursos superiores, com o objetivo de auxiliar as IES na formulação e estruturação de novos cursos, além da atualização dos currículos oferecidos em sua região.

 

INOVAÇÃO ACADÊMICA – A área de Inovação do Semesp tem como objetivo aumentar a competitividade acadêmica, a qualidade dos serviços focados na atividade fim e melhorar a sustentabilidade das IES.

 

REDES DE COOPERAÇÃO – Seu principal objetivo é estimular alianças estratégicas entre instituições de Ensino Superior Privadas no Brasil, além de promover o compartilhamento de ideias, projetos e ações efetivas que permitam sinergias e economia, não só na área acadêmica, mas também no setor administrativo das IES.