Sistemas de ensino superior são formados pelos agentes públicos e privados, pelas instituições de ensino, pelos stakeholders, entre outros componentes, além disso, são complexos, dinâmicos e competitivos. Um sistema de educação pode ser eficiente quando há cooperação entre todos os setores que atuam no interior do sistema.

Para “destruir” o que não funciona e construir novos paradigmas é preciso sinergia entre os agentes públicos e privados. É preciso também que os formuladores de políticas públicas estimulem a inovação e que os líderes das IES estejam dispostos a tornar suas instituições alinhadas com os princípios contemporâneos da gestão e com as melhores práticas administrativas e acadêmicas do ensino superior.

A experiência internacional demonstra que sistemas de educação inovadores inspiram a criatividade e efetivamente contribuem com a formação de pessoas com as competências demandadas pela sociedade e pelos empregadores.

Para a criação de um ambiente dinâmico, que favoreça a implementação das boas práticas do ensino superior, não basta a boa vontade e o empreendedorismo dos gestores de IES se o MEC não fomentar, através da legislação e outros incentivos públicos, a inovação. Nesse caso, as políticas públicas exercem um papel estratégico, pois são responsáveis pela dinâmica dos sistemas educacionais.

Políticas com viés burocráticos e centralizadores pouco contribuem para a competitividade dos sistemas de educação e das IES. O SEMESP acredita que a inovação acontecerá através da desburocratização do sistema de ensino e com a participação efetiva dos agentes que atuam no ensino superior, no processo de formulação de políticas públicas. Nos últimos anos, o Brasil não implementou reformas educacionais que impactaram e inspiraram a transformação das IES.

O SEMESP, por meio do do 19º FNESP se propõe a apontar caminhos para que o Brasil tenha um sistema de educação que inspire a cultura da inovação e transforme as IES, em organizações predispostas ao aprendizado institucional e a cooperação nacional e internacional.

Inscreva-se e participe!

Inscrições encerradas.

28 e 29 de Setembro

dia 28: 9h às 19h

dia 29: 9h às 16h30

WORLD TRADE CENTER DE SÃO PAULO
Av. das Nações Unidas, 12551 – Cidade Monções, São Paulo – SP, 04533-085

Associado Semesp: R$1.440,00
Não-associado: R$ 2.050,00

  • Jeffrey Kratz – Executivo responsável pelas divisões de Governo, Educação e Negócios sem fins lucrativos da Amazon Web Services (AWS), para América Latina, Canadá e Caribe.

  • Andrés Bernasconi – Professor da Faculdade de Educação, Centro de Estudos e Práticas em Educação Política –  PUC do Chile
  • Jukka Mönkkonen – Reitor da Faculdade de Ciências Sociais na Aalborg University  e Membro do Conselho da  Finland University
  • Sérgio Fiuza – Vice-reitor do Centro Universitário do Pará (CESUPA) e Membro do GT de Política Pública do SEMESP
  • Deputado Caio Narcio – Presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados

Debatedor: Jeferson Vinhas Ferreira – Vice-Reitor do Grupo Educacional UNIS

  • Antônio Carbonari – Conselheiro da Câmara de Educação Superior – CNE 3 –
  • Henrique Sartori – Secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior/ MEC / SERES
  • Maria Helena Guimarães de Castro – Secretária Executiva do Ministério da Educação – MEC
  • Maria Inês Fini – Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP
  • Paulo Barone – Secretário da Secretaria de Educação Superior – Sesu

Debatedor: Dr. José Roberto Covac – Diretor Jurídico do Semesp

  • Carita Prokki – Diretora de Negócios da Universidade de Ciências Aplicadas de Tampere (TAMK), da Finlândia
  • Adauto Braz Neto – Co-Fundador da Inoversidade
  • Rasmus Antoff – Diretor da Faculdade de Ciências Aplicadas da Universidade de Aalborg, da Dinamarca

Debatedor: Edman Altheman – Diretor Geral da Faculdade Rio Branco

GESTÃO: O DESAFIO DE EQUILIBRAR A GESTÃO POR MEIO DA SUSTENTABILIDADE E COOPERAÇÃO

  • Claire Ramsbottom – Diretora do Fenway College de Boston e Presidente da Association for Colaborative Leadership – ACL
  • Neal B. Abraham – Diretor do Five College Consortium

APRESENTAÇÃO DO MAPA DAS REDES DE COOPERAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO
João Otávio Bastos Junqueira – Reitor do Unifeob – Centro Universitário Octávio Bastos e Diretor do Semesp, ABRUC e Anaceu

SIMULTÂNEA 1 – Relato De Cases Rede De Cooperação Regional
Francisco Elíseo Fernandes Sanches – Diretor Administrativo-Financeiro da Fundação Hermínio Ometto – Uniararas

SIMULTÂNEA 2 – Relato De Cases Rede De Cooperação Regional 2
Rogério R. Matarucco – Reitor da Fundação Educacional  de Votuporanga – UNIFEV

SIMULTÂNEA 3 – Relato De Cases Rede de Cooperação Regional 3
Bianor Colchesqui – Diretor Administrativo das Faculdades Integradas de Ourinhos – FIO

Debatedor: Márcio Sanches – Coordenador da Universidade Corporativa Semesp

INOVAÇÃO: REPENSAR A SALA DE AULA, FOCAR NA APRENDIZAGEM E INVESTIR EM TECNOLOGIA E FOMENTAR O MOVIMENTO MAKER E A STARTUP

10 anos de Missões Técnicas InternacionaisPanorama e Aprendizados
Adriano Novaes – Diretor da ESAMC Uberlândia

Entendendo o Sistema Educacional na Austrália
Mr Niclas Jönsson – Conselheiro de Ciência e Educação do Departamento de Educação da Austrália.

SIMULTÂNEA 1 – O impacto das Start Up’s no Ensino Superior
Daniel Machado – Diretor da Vertical de Educação da EdTech

SIMULTÂNEA 2 – A importância da Inovação Acadêmica na Instituição de Ensino
Fagner Oliveira de Deus – Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão e Vice-Reitor do Centro Universitário de Patos de Minas – UNIPAM

SIMULTÂNEA 3 – Movimento Maker e FabLab no Ensino Superior
Siron Cesar Pacheco Pereira – Fab Manager do Movimento Maker e os Fab Lab’s da Faculdade de Engenharia de Sorocaba – FACENS

Debatedor:  Paulo Tomazinho – Google Certified Innovator. Consultor de Inovação, Tecnologias Educacionais e Novos Negócios.

O diálogo com os jovens em tempos de incertezas, alta competitividade e mudanças tecnológicas.

  • Serginho Groisman – Jornalista, apresentador da Rede Globo e um dos mais populares formadores de opinião da televisão brasileira. Além de ser palestrante, é também entrevistador e mediador de debates.