A Federação dos Professores do Estado de São Paulo – FEPESP – informa aos professores e auxiliares de administração escolar do ensino superior, representados pelos sindicatos integrantes, que foram abertos os prazos para oposição de contribuição assistencial.

O direito de oposição à cobrança da contribuição assistencial deve ser exercido, sem qualquer vício de vontade, de modo individual, pessoalmente ou por meio de carta registrada encaminhada ao Sindicato profissional, com cópia à Entidade MANTENEDORA, contendo a qualificação do PROFESSOR/AUXILIAR (Nome, endereço, RG e CPF/MF), da Instituição de Ensino (nome e endereço) e da Entidade MANTENEDORA.

Ressaltamos que dos 25 sindicatos que fazem parte da FEPESP, 10 não irão realizar a cobrança assistencial no ano de 2018 e três não determinaram prazo para oposição. Os demais fixaram prazos de 30 e 90 dias a contar de amanhã, dia 10 de agosto.

OBS: O SEMESP não recebe cartas de oposição, por isso, a instituição deve esclarecer ao empregado o endereço dos sindicatos que o representam.

Confira os sindicatos que não cobram contribuição, por enquanto*:

  1. Sindicato dos Professores de Campinas e Região
  2. Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino e Educação de Franca-SP
  3. Sindicato dos Professores e Professoras de Guarulhos
  4. Sindicato dos Professores de Jaú
  5. Sindicato dos Professores de Mogi Guaçu e Itapira
  6. Sindicato dos Professores De Osasco E Região
  7. Sindicato Dos Professores de Santos E Região
  8. Sindicato de Professores de São Paulo
  9. Sindicato dos Professores de Taubaté e Região
  10. Sindicato dos Professores de Jacareí

*Irregularidade ou não cobram de fato.

Acesse o link abaixo para saber dos demais sindicatos:

http://www.semesp.org.br/wp-content/uploads/2018/08/Minuta-comunicado-assistencial-Semesp-060818.pdf